sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Poema: "Mar de Peruíbe"

Mar de Peruíbe

MarcelinoTostes Padilha Neto


De meu nome

Hoje roubo o Mar...

prá te mandar!


Que ele te beije os pés

E te lamba os passos

Que tatuas em sua praia!


Que te sopre um vento

Pelos cabelos soltos,

Prá te contar segredos...


- Mar, quisera sê-lo hoje

Prá estar ao seu lado

Nesta linda tarde!


E fico daqui

Soprando saudades

Que me saem da alma...


Saudades da Giza...

Saudades do Mar...

Saudades da brisa...


2 comentários:

CrisM disse...

Que coisa mais linda!!!!!!
Lembro desses momentos do Mar de Peruíbe.

Dalva disse...

Lindo!!!!!!!!!!!!! Amei